Carina, da UNE: a luta continua em 2017! — Conversa Afiada


O ano de 2016, na história do Brasil, começou com 30 dias de antecedência. Em dois de dezembro de 2015, o então presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha aceitou um pedido de impeachment contra a presidenta eleita da República, Dilma Rousseff, mesmo sem a existência de um crime de responsabilidade sobre ela, com o objetivo de auxiliar os perdedores inconformados das últimas eleições e tentar desviar o foco das denúncias de corrupção que recaíam sobre ele e sobre boa parte do Congresso. Era o prenúncio das dificuldades que viriam nos próximos meses.

O golpe de 2016, porém, encontrou dura resistência dos movimentos sociais e em especial da juventude, que marcaram sua posição nas ruas lutando ao lado da democracia. Desde o mês de março, as enormes manifestações da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, ambas coalizões com forte participação da UNE e dos estudantes, minaram a falsa narrativa golpista de que o impeachment teria apoio irrestrito da sociedade. Apesar do bo
http://www.conversaafiada.com.br/brasil/carina-da-une-a-luta-continua-em-2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s