Morreu Mário Soares, figura incontornável da democracia portuguesa | Esquerda


Com 92 anos, morreu Mário Soares, antigo Presidente da República, destacado antifascista, fundador do Partido Socialista Português e primeiro-ministro do I Governo Constitucional de Portugal.

Mário Soares foi uma figura marcante da luta anti-fascista e da democracia portuguesa, tendo sempre se afirmado “Republicano, Socialista e Laico”.

Licenciado em Ciências Histórico-Filosóficas, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1951, e em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em 1957, foi professor do ensino secundário e diretor do Colégio Moderno, fundado por seu pai.

Persistente combatente contra a ditadura, pertenceu ao MUNAF (Movimento de Unidade Nacional Anti-Fascista), em maio de 1943, tornando-se depois membro da Comissão Central do MUD (Movimento de Unidade Democrática). Foi Secretário da Comissão Central da Candidatura do General Norton de Matos à Presidência da República, em 1949 e, em 1959, à Comissão de Candidatura do General Humberto De
http://www.esquerda.net/artigo/morreu-mario-soares-figura-incontornavel-da-democracia-portuguesa/45958

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s