Por que esperar pelas provas se a sentença do jn é mais rápida?


O Conversa Afiada reproduz emocionante discurso do Senador Roberto Requião durante sessão de homenagem ao Reitor Cancellier, nesta terça-feira, 31/X, no Senado Federal.

Ao final do post, o amigo navegante terá acesso ao vídeo do pronunciamento:

Talvez fosse pedagógico, ou mesmo um exercício indispensável, que se estudasse a ascensão do fascismo na Alemanha, Itália, Espanha, Portugal. E o fenômeno do macarthismo, nos Estados Unidos.

Se o assim o fizéssemos, dispararíamos todas as sirenes de alerta para avisar essa pátria tão distraída que o monstro vem aí.

Um traço distintivo, característico da escalada fascista é o abuso de poder, a exorbitância, os excessos da autoridade. As ações imoderadas e arbitrárias são essenciais para que se imponha a ordem fascista.

Ações que causem constrangimentos, espalhem o medo, acuem, humilhem, difamem. A polícia e órgãos vinculados à operação da Justiça são imprescindíveis para isso. Assim como a colaboração dos meios de comunicação amigo
http://bit.ly/2htzUoJ

Anúncios

Grito por justiça entre lágrimas no funeral do reitor: “Temos que parar os neofascistas” | Brasil 24/7


No enterro do reitor da UFSC Luiz Cancellier, o representante dos alunos Leonardo Moraes, seu orientando, foi aplaudido de pé quando disse: “A tragédia de ontem não foi um acidente. Um desafeto político, uma denúncia deturpada, um processo arbitrário conduzido por uma delegada, possivelmente inconformada por ter sido afastada da Lava Jato, uma decisão inconsequente da juíza da 1a. Vara da Justiça Federal de Florianópolis mudaram, do dia para a noite, a vida do reitor Luiz Carlos Cancellier. Depoimentos que o absolviam foram ignorados, provas foram colhidas sem qualquer contraditório, uma prisão duramente criticada por toda comunidade jurídica catarinense. Uma decisão assinada no conforto de um gabinete, que transformou a história da nossa universidade”.

Acabo de assistir, com lágrimas, ao vídeo de duas horas e doze minutos sobre a sessão solene fúnebre do Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina em homenagem ao reitor Luiz Carlos Concellier de Olivo.
http://bit.ly/2kobSPL

O golpe é permanente – Por Leonardo Isaac Yarochewsky | Empório do Direito


Diz-se o crime permanente quando o momento consumativo se protrai, prolonga ou se arrasta no tempo, por exemplo: o crime de sequestro ou cárcere privado (art. 148 do Código Penal).

Minha saudosa avó costumava dizer que “pobre quando está sem sorte o urubu debaixo cospe no de cima”.

Pois é, o golpe parlamentar que depôs DILMA ROUSSEFF da Presidência da República constituiu um “crime permanente”. Enganam-se aqueles que acreditavam que o golpe findou-se com a saída de DILMA da presidência da República, na verdade o golpe travestido de “impeachment” estava apenas se iniciando. O golpe que derrubou a Presidenta eleita democraticamente com mais de 54 milhões de votos, não foi como alguns poderiam crer um acidente de percurso da neofita democracia brasileira. Trata-se de um projeto muito mais amplo, costurado pelos neoliberais, plutocratas e pela mídia golpista.

No desgraçado dia (11/7) em que o Senado Federal aprovou a “Reforma Trabalhista” – aniquilamento dos direitos dos trabalhad
http://emporiododireito.com.br/o-golpe-e-permanente-por-leonardo-isaac-yarochewsky/

Moro/Globo intimidados por Lula: “leão” de Curitiba… miou! – de novo!


Muitos leitores vieram me perguntar o que eu achei da condenação de Lula por Sergio Moro ontem. Queriam saber “quando eu ia publicar um artigo sobre isso”.

Confesso que, assim que saiu a notícia, além de postagem sumária nas redes sociais, não pretendia escrever sobre isso não.

E por quê?

Ora, porque essa “notícia” foi uma…

– … NÃO-notícia!

Pior: foi uma não-notícia visando, justamente, a virar a pauta do noticiário em relação a notícias de verdade.

Ia lá eu fazer o jogo da Globo/ Moro e ajudar a pauta fake a subir?

Tratando dela especificamente?

Não…

Nada disso!

Não que o (não) acontecimento seja irrelevante…

Não é bem isso…

A questão é a minha “pegada” como analista…

Como os leitores já sabem, pensando ~estrategicamente~, meu foco costuma ser muito mais no ~subtexto~ do que nos textos disparados pelos diversos atores do jogo político.

E em “atores do jogo político” entram, evidentemente, a Globo e Sergio Moro.

Muito mais import
http://www.romulusbr.com/2017/07/moroglobo-intimidados-por-lula-leao-de.html#more

Caso Odebrecht: Por que voltam a atacar Lula e sua biografia | Lula


O ex-presidente Lula está mais uma vez no centro de intenso bombardeio midiático. Na liderança do ataque, o Jornal Nacional da Rede Globo divulgou 40 minutos de noticiário negativo em apenas 4 edições. Como vem ocorrendo há mais de dois anos, Lula é alvo de acusações frívolas e ilações que, apesar da virulência dos acusadores, não apontam qualquer conduta ilegal ou amparada em provas. Desta vez, no entanto, além de tentar incriminar Lula à força, há um esforço deliberado de reescrever a biografia do maior líder popular da história do Brasil.

Os depoimentos negociados pelos donos e executivos da Odebrecht – em troca da redução de penas pelos crimes que confessaram – estão sendo manipulados para falsificar a história do governo Lula. Insistem em tratar como crime, ou favorecimento, políticas públicas de governo voltadas para o desenvolvimento do país e aprovadas pela população em quatro eleições presidenciais.

São políticas públicas transparentes que beneficiaram o Brasil como um t
http://www.lula.com.br/caso-odebrecht-por-que-voltam-atacar-lula-e-sua-biografia

A dimensão do desastre do golpe. Por Gustavo Castañon* – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”


FHC pegou o Brasil com uma dívida pública de 34% do PIB. Doou metade do patrimônio público sob a alcunha de “privatização”. Duplicou a dívida externa. Quebrou o país três vezes, precisando recorrer ao FMI. Entregou o país a Lula sem reservas e devendo 76% do PIB. Já a dívida líquida, que leva em conta os créditos (e não só os débitos) do governo e ele recebeu em 29,5%, deixou em 60,4% do PIB.

A imprensa diz que ele modernizou a economia.

O PT pegou o Brasil com a dívida pública em 76% do PIB, recapitalizou a Petrobrás a transformando na segunda maior petrolífera do mundo, não privatizou nada, “pagou” a dívida externa (sim, transformando-a em interna), e entregou, no último ano do primeiro mandato de Dilma, a dívida pública em 63% do PIB. Já o resultado mais importante sobre o endividamento do país, a dívida líquida, diminuiu a 34,9% do PIB.
http://www.tijolaco.com.br/blog/dimensao-do-desastre-do-golpe-por-gustavo-castanon/

A nação do bundalelê, por Arnaldo César | GGN


Desde quando tomaram o poder, os golpistas que se aboletaram no Palácio do Planalto, em Brasília, passaram a comandar o País na base de chantagens, truques ardilosos, chicanes, acordos por debaixo dos panos e pequenos expedientes.

É verdade que a política brasileira sempre se movimentava dentro dessa lógica. Só que antes agiam na calada da noite. Hoje, os bucaneiros de plantão fazem isso às claras. Ás vezes na frente das câmeras, em cadeia nacional.

O pudor – sentimento de vergonha por atos que firam a decência – foi mandado ás favas.

O recém-empossado presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mal havia acabado de contar os votos que lhe reconduziram ao cargo, colocou em votação o regime de urgência para um destes desavergonhados projetos de lei. O que livrava a cara dos partidos de qualquer tipo de prestação de contas junto aos tribunais eleitorais.

Maia e os parlamentares por ele comandados – inclusive os do PT – imaginavam que com esse movimentos sorrateiros iria
http://jornalggn.com.br/noticia/a-nacao-do-bundalele-por-arnaldo-cesar

Por que você deve trabalhar em uma startup antes de empreender? | Brasil 24/7


Talita Lombardi, fundadora da Menina Executiva, afirma que não é necessário ficar em uma start up para sempre, “mas pode aprender muito com os erros e acertos dos outros e claro, saber se é isso mesmo que você quer para sua vida”; “É uma rotina corrida, com muitas horas de dedicação, mudanças de estratégia (o famoso pivotar), poucos recursos… posso passar horas falando dessa vida de montanha russa que já vivo há mais de 5 anos”; veja no vídeo abaixo:
http://www.brasil247.com/pt/247/empreender/270072/Por-que-voc%C3%AA-deve-trabalhar-em-uma-startup-antes-de-empreender.htm

Meditação: a droga dos gênios, por Marcos Villas-Bôas | GGN


Em seu best seller The Happiness Hypothesis: Finding Modern Truth in Ancient Wisdom (A Hipótese de Felicidade: Encontrando a Verdade Moderna na Sabedoria Antiga), o psicólogo social e pesquisador americano, Jonathan Haidt, disse: “Suponha que você leu sobre uma pílula que poderia tomar uma vez por dia para reduzir a ansiedade e aumentar o seu contentamento. Suponha que a pílula tem uma grande variedade de efeitos colaterais, todos bons: aumento da autoestima, empatia e confiança, que melhora até a memória. Suponha, finalmente, que a pílula é natural e não custa nada. Você a tomaria? A pílula existe, é chamada meditação”.

A meditação é, infelizmente, como vários outros temas, ainda bem menos conhecida no Brasil do que em outros países, especialmente nos desenvolvidos. Isso decorre dos mesmos fatores de sempre: a pobreza impede que informação avançada chegue a mais da metade do país, o pouco conhecimento de línguas estrangeiras dificulta o acesso aos estudos realizados no exterior, os
http://jornalggn.com.br/noticia/meditacao-a-droga-dos-genios-por-marcos-villas-boas

Moro é denunciado por vazamento ao Estadão de processo sigiloso | GGN


O juiz federal Sergio Moro foi denunciado pela defesa do ex-presidente Lula ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por um vazamento que ocorreu a partir da 13ª Vara Federal, em Curitiba, de processo por danos morais movido contra um delegado da Lava Jato, em caráter sigiloso. A denúncia acompanha a foto em que Moro aparece demonstrando afinidade com o senador Aécio Neves (PSDB) e outras condutas que, na visão dos advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, configuram violações ao Código de Ética da Magistratura.

Segundo a representação ao CNJ, Moro cometeu duas infrações nesse caso: primeiro, usou um despacho para emitir opinião e fazer juízo de valor contra a defesa de Lula. Depois, teria vazado ou deixado vazar esse documento relacionado ao processo sigiloso para o Estadão.

O jornal publicou uma matéria destacando a opinião do magistrado, que achou “lamentável” que Lula processe o delegado Filipe Pace. Prontamente, a grande mídia e diversos portais independentes reproduziram a
http://jornalggn.com.br/noticia/moro-e-denunciado-por-vazamento-ao-estadao-de-processo-sigiloso